O Rio Sorraia merece que todos sejam convidados!

comunidade educativa Junta pelo Sorraia

Sempre defendi que este movimento, por aquilo que representa, não poderia estar dependente apenas dos membros fundadores, pois se assim fosse estava condenado à nascença. Fazer um movimento depender de um número restrito de pessoas, não lhe dá a força necessária para que ele consiga atingir os seus fins, esta é uma verdade imutável para mim, faz mesmo com que o movimento perca totalmente a sua dinâmica e se feche em si mesmo.

Limpeza do rio Sorraia

O Rio Sorraia merece mais, merece que todos sejam convidados a se envolver na sua luta, e em primeiro lugar, a comunidade educativa, pois é na escola que se prepara o futuro e é disso que se trata do futuro da nossa região, que está mais dependente do rio do que aquilo que as pessoas possam pensar.

comunidade educativa Junta pelo Sorraia

Desafio ao Agrupamento de Escolas de Benavente

Foi com esse pensamento que desafiei o Professor Mário Santos, Director do Agrupamento de Escolas de Benavente, a aproveitar a nova flexibilidade curricular que as escolas têm, tornando-se muito mais autónomas, a colocar o Rio Sorraia no centro do planeamento curricular para as nossas escolas.

O Movimento Juntos pelo Sorraia deslocou-se assim à escola secundária de Benavente para apresentar esta nova ideia aos vários grupos pedagógicos de professores, e podemos dizer que fomos muito bem recebidos, aceitaram muito bem este nosso desafio o que nos deixa muito felizes.

Tomamos a liberdade de apresentar ideias de como o rio sorraia poderia ser abordado nos diversos grupos de disciplinas, um plano cuidadosamente elaborado pelo nosso Alberto Santos, que teve como objectivo dar exemplos práticos de como as matérias poderiam abordar o rio sorraia e enriquecerem assim o currículo, porque nada melhor para os alunos do que aprender através das experiências vivenciadas.

comunidade educativa Junta pelo Sorraia

Comunidade Educativa Junta pelo Sorraia

Os responsáveis por este projecto gostariam que as escolas do Agrupamento, nos vários anos de escolaridade, e através das várias disciplinas, colaborassem com o “intuito da criação de um viveiro que permita desenvolver acções de restauro ecológico do rio Sorraia.”

Eis algumas sugestões que o movimento “JUNTOS PELO SORRAIA” e o agrupamento de escolas de Benavente concluíram serem pertinentes para futuro desenvolvimento e análise:

  • Métodos de poupança e tratamento da água
  • Os cursos de água e a sua importância ao longo da História
  • A poluição e as alterações climáticas
  • Os corredores ecológicos e a vida animal
  • A vida vegetal: espécies autóctones e espécies invasoras
  • Construção de abrigos e ninhos
  • Métodos de observação e registo
  • Desenho e pintura (tema ambiente)
  • Jornalismo ambiental
  • Fotografia ambiental
comunidade educativa Junta pelo Sorraia

Será este um momento de viragem? Esta abordagem através da comunidade educativa junta pelo sorraia irá permitir que seja a população local, que tantos anos teve de costas voltadas para o rio, tome a dianteira desta luta, primeiro através da escola, depois através da comunidade.

 Os media nacionais e regionais já não apontam as suas luzes para este nosso problema, até porque à primeira vista ele está a ser solucionado, o que está longe de ser verdade.

Lembramos que esta luta não é um sprint, mas sim uma maratona e que ela ainda vai no início, e que precisa da ajuda de todos para que consiga ter um final feliz… e que não estamos contra ninguém, mas sim a favor do rio.

Lembram-se como juntos ficamos mais fortes?

O movimento Juntos pelo Sorraia que surgiu de forma espontânea através de uma publicação de um vídeo na internet e que cresceu de uma forma inimaginável para mim, que fui um dos criadores deste movimento, juntamente com um grupo de pessoas desinteressadas, mas muito apaixonadas pelo rio. Conseguiu manter a sua génese de uma forma muito vincada, tendo apenas como objetivo, ajudar o rio a ser salvo… coisa que poderá acontecer, mas que está muito longe de ser real.

Juntos pelo Sorraia

Acordar mentalidades, abraçar a causa do Rio Sorraia

Dique do Sorraia

Desde o passado mês de agosto que as várias entidades responsáveis pelo Rio Sorraia mostraram preocupação com estado deste recurso hídrico, os media colocaram o Rio Sorraia na ordem do dia, dando-lhe uma atenção que nunca lhe tinha sido dada, e ele ganhou com isso.

Aproveitando, ou não o facto de existirem eleições no mês de outubro, o estado através do Ministro da tutela, dos vários Presidentes de Câmara, e da APA – Associação Portuguesa do Ambiente, veio dar a cara por este problema, abraçou esta causa, criou um grupo de crise para resolver esta fatalidade… reuniu na mesma mesa as várias entidades responsáveis pelo nosso Rio.

Ação: Vamos limpar o nosso Rio Sorraia

O grupo de crise elaborou um plano de ação ambicioso, objetivo? a total eliminação dos jacintos de água do Rio Sorraia. Colocaram-se máquinas na beira do rio a retirar as plantas, que os barcos no interior do rio iam separando, uma das outras.

Trabalho muito difícil e moroso, como puderam constatar num vídeo que fiz. Veio uma ceifeira aquática para o açude do Furadouro em Mora para proceder à limpeza daquela zona do rio. O resultado destas ações é um rio muito menos povoado com esta planta, mas muito longe de ter o problema resolvido.

Rio Sorraia

Heróis do rio? os Bombeiros!

Uma palavra para os verdadeiros heróis do rio, os bombeiros que conduziram os barcos, os condutores das máquinas que removeram grande parte dos jacintos, foram estes que estiveram na frente de combate, aquela de que muitos falam, mas poucos vão. Foi com enorme alegria que verificamos que ajudamos a despertar a população para este problema, pois na minha opinião a população é uma das principais culpadas pelo que sucedeu no rio Sorraia, não por ter tido uma ação ativa no que diz respeito aos jacintos, mas sim por ter estado de costas viradas para o rio durante tantos anos.

.

heróis do rio sorraia

Bem Hajam os Voluntários do Rio Sorraia

Outra palavra para as diversas entidades que se juntaram à causa, com ações de voluntariado, tanto em Benavente, a ASPEA – Associação Portuguesa de Educação Ambiental, como em Coruche a Associação de Estudantes da Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa (AEFDUNL), que na sua lutam contaram com o auxilio das respetivas autarquias e do nosso movimento, mas onde infelizmente as populações locais não responderam ao chamamento.

Posso para acabar relatar uma visão que tive para o nosso Rio Sorraia, imaginem uma ou mais praias fluviais, Coruche já a tem, e um rio com passadiços a ligar os vários concelhos que ele irriga, seria bonito não acham?

Limpeza no Rio Sorraia

José Pastoria
Movimento juntos pelo Rio Sorraia