O Nosso Rio

Sorraia

01. Bacia hidrográfica Rio Sorraia

A maior do rio tejo

A sub-bacia hidrográfica do Rio Sorraia é a maior da bacia hidrográfica do Rio Tejo

O Rio Sorraia, é um dos mais importantes do país, pela sua extensa bacia hidrográfica e também pela sua importância ao nível da biodiversidade.

Importa salientar que a sua enorme bacia hidrográfica recebe águas desde a longínqua serra de São Mamade perto de Portalegre e leva-as até ao Tejo na Ponta D´Erva, fazendo assim parte de um dos maiores estuários da Europa.

02. Estatuto de Rio

rio sorraia

Nascido da confluência das ribeiras da Raia e de Sor, junto à vila do Couço, esta linha de água somente aí ganha o estatuto de rio, Rio Sorraia.

“Nascido da confluência das ribeiras da Raia e de Sor, junto à vila do Couço, esta linha de água somente aí ganha o estatuto de rio. Rio de planície com um comprimento de 155km e com uma bacia hidrográfica que cobre 7.730km2, correspondendo a 8,3% do território nacional, passa ao longo do seu curso nas vilas de Coruche e de Benavente e na cidade de Samora Correia, desaguando na Ponta de Erva, em plena Reserva Natural do Estuário do Tejo.

” In placard Rota das Lezírias Câmara Municipal de Benavente”

Ao longo do seu curso o Rio Sorraia recebe as ribeiras:
Erra, Divor e Juliano, Porto Velho, Santa Margarida, Vale Cobrão, Vale dos Poços, Trejoito, Longomel, Barrosas, Salgueira,   junto ao Porto Alto junta-se com o rio Almansor

03. um pouco história

recursos hídricos

Rio de águas navegáveis constituia, até meados do século XX, uma importante via de tráfego de pessoas e também de mercadoria

Rio de águas navegáveis constituia, até meados do século XX, uma importante via de tráfego de pessoas e também de mercadorias, escoando entre outros produtos, os cereais, a madeira e a cortiça produzidos no Alto Alentejo e Ribatejo. Além da importância que tinha e mantêm enquanto água de pesca, o Rio Sorraia é hoje um rio de rega, com traçados sempre mutantes e alterados pela intervenção humana, revelando-se por vezes, em cheias e enchentes catastróficas.

” In placard Rota das Lezírias Câmara Municipal de Benavente”

“Na segunda metade do século XX foi posto em ação o Plano de Irrigação do Vale do Sorraia, através da construção das Barragens de Montargil e Maranhão, conjuntamente com o Canal do Sorraia, visou um melhor aproveitamento dos recursos hídricos, para potenciar o rendimento agrícola da região, propósito que foi alcançado.
In Ribatejonews”

03. rio sorraia

uma beleza imensa

A beleza deste rio é imensa, facto que levou algumas empresas, a explorá-lo através de descidas de canoas, partindo de Coruche

A beleza deste rio é imensa, facto que levou algumas empresas, a explorá-lo através de descidas de canoas, partindo de Coruche, e navegando pelo rio até Benavente e Samora Correia, passando pela Aldeia do Peixe, e pelos rápidos (poucos claro, não esquecer que se trata de um rio de planície) que estão no seu trajecto. Este rio pode ter uma viabilidade económica para além da agrícola, seria possível colocar este rio como um centro económico de verão, caso se construísse uma praia fluvial, equipada com restauração, campos de futebol de praia, chapinheiro para as crianças mais pequenas, bem como uma zona de passadiços.

É urgente colocar o rio no centro da vida social desta região, bem como a existência de uma obrigação na sua limpeza e manutensão, evitando assim o surgimento e crescimento de várias espécies de plantas invasoras como o Jacinto

José Pastoria

O meu desafio é unir todos por uma causa, o rio sorraia é uma preciosidade que não nos podemos dar ao luxo de abandonar e deixar morrer, ele merece todo o nosso esforço